Gerenciar dinheiro é uma tarefa complicada e muitas vezes negligenciada por proprietários de empresas. Muitas vezes, os empresários não conseguem controlar o caixa porque não sabem exatamente quanto gastam e quanto ganham. Assim, acabam olhando para números que nem sempre são exatos. Assim, fica impossível saber se a empresa dá lucro ou prejuízo.

Nesse sentido, é crucial cuidar com carinho do coração das operações financeiras da sua empresa: o caixa. A Caixa Econômica Federal, por exemplo, oferece uma série de aulas para quem quer manter o orçamento da empresa sob controle. Hoje, trazemos dicas para que você saiba como controlar o caixa e impulsionar seu negócio!

Como controlar o caixa

Controle a entrada e a saída de dinheiro

Parece óbvio, mas muitos empresários não fazem o controle exato do que entra e sai do caixa. Se você guardar ou gastar dinheiro do caixa sem registrar, é impossível que as contas batam no cálculo final. Por isso, tenha registros detalhados de todas as entradas e saídas de dinheiro do caixa, com informações de valores e horários, para que os números sejam confiáveis no momento de fazer o balanço.

 

Abra mais de um caixa por dia

Abrir e fechar vários caixas durante o dia te dá relatórios com movimentações menores, o que facilita a análise. Isso é importante para identificar entradas e saídas de dinheiro que foram registradas de forma errada ou não registradas. Assim, é possível, por exemplo, entender que um funcionário que trabalha em determinado horário precisa de um treinamento mais intensivo para operar o caixa. Também é possível notar padrões de vendas cujos valores não estão disponíveis no caixa. Isso dá aporte para que o empresário identifique o responsável.

 

Analise os resultados

O objetivo primordial de controlar o caixa é saber exatamente quanto dinheiro você tem. Porém, com os números organizados, sua empresa pode ter ainda mais vantagens. Além de conseguir identificar entradas de registros equivocados, você pode estudar os dados por outras razões. Por exemplo: perceber que em determinado horário as vendas não são muito boas e repensar seu horário de funcionamento. Outro exemplo possível seria perceber os períodos do ano onde as vendas são maiores e se planejar para aumentar o estoque nesses momentos. Assim, esse estudo pode te ajudar nas decisões e dar ideias que você não teria se não organizasse esses dados.

 

Utilize ferramentas tecnológicas para controlar o caixa

Isso tudo parece dar um trabalhão, não é? Porém, fazer um controle tão minucioso das questões financeiras da sua empresa não precisa ser uma dor de cabeça para você. Existem ferramentas digitais que podem te ajudar bastante na organização e na interpretação de todos esses dados e relatórios.

O programa mais indicado para quem quer conhecer melhor a própria empresa e utilizar essas informações para crescer é o Premium, da Super Empresa. Além de ser uma forma fácil de abrir e fechar quantos caixas você quiser, o Premium ainda emite relatórios completos, notas fiscais, faz controle de estoque e várias outras funções! Visite a página do Premium, conheça melhor o programa e organize sua empresa!